História de Amamentação da Filipa Azevedo

O primeiro contacto que tive com a amamentação foi no meu estágio de enfermagem no Serviço de Obstetricia do Hospital de Leiria. Nessa altura eu ainda não era mãe mas já era uma área que me fascinava! Eu sabia que o meu futuro tinha de passar por cuidar de bebés e suas famílias!…

Em 2008 fui mãe pela primeira vez. Após o turbilhão de emoções que senti durante o parto, aquela sensação de ter o nosso filho ligado a nós através da mama é algo indescritível… Lembro-me de ter sido algo tão natural… Ela procurou a mama como se a conhecesse desde sempre e eu fiquei maravilhada a observar e a amparar aquele Ser pequenino que eu já amava tanto…

Correu tudo muito bem até eu ter de voltar a trabalhar e a ter de a deixar na creche. Estava tudo planeado… fiz extração de leite, congelei, organizei por datas… enfim, tudo demasiado “controlado” mas como a natureza e a vida por vezes nos pregam partidas… a minha filha não aceitou o leite de forma alguma… apenas queria a maminha. Foi frustante, procurei muita informação e na altura, pensando que era o melhor, introduzi uma papa para lhe darem na creche…

Na altura pensei… se eu sou profissional de saúde e mesmo assim tenho dúvidas e inseguranças em relação à amamentação (sim! Até porque também fui bombardeada com “Ela chora tanto… deve ser fome… o teu leite já não chega” e coisas tais…), como se sentirão as outras mães? Ou… será que apesar de ser profissional de saúde eu afinal estava era pouco informada?…

Assim, em 2009 procurei aprofundar conhecimentos na área da amamentação e foi nessa altura que frequentei o Curso de Aconselhamento em Aleitamento Materno da OMS/UNICEF. Conheci pessoas fantásticas e aí percebi que afinal esta área era um verdadeiro Mundo novo para mim.

A minha filha foi amamentada até aos 9 meses… podia ter sido mais tempo se na altura estivesse mais preparada ou se tivesse procurado ajuda. Mas o tempo não volta atrás… Com um próximo filho talvez fosse diferente 😉 Até que em 2015 fui mãe pela segunda vez. Mais uma vez decorreu tudo de forma muito natural! E desta vez estaria mais preparada? Bem… ele tem 3 anos e adora a “Minha” 😉

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *